A Carteira

Em "A Carteira", o escritor mostra os dilemas e reflexões de Honório, um homem que encontra uma carteira e fica em dúvida se deve ou não se apropriar do dinheiro. Trata-se de uma obra pertencente ao Realismo, cheia de senso de observação, pessimismo, ironia e um inegável senso de humor com que equilibra o pessimismo, aspectos esses enfeixados em sua arte combinatória.

Fuente: bibliotecamagalhaes.blogspot.com.ar